Chávez fala em 'guerra' ao comentar eleição colombiana

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje que pode haver uma guerra contra a Colômbia se o ex-ministro da Defesa Juan Manuel Santos for eleito presidente colombiano. Segundo Chávez, a vitória de Santos na eleição presidencial de 30 de maio "poderia levar a uma guerra" na região. A declaração foi feita no programa semanal de rádio e televisão venezuelano "Olá, sr. Presidente".

AE, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 18h37

Santos é um aliado próximo do atual presidente da Colômbia, Álvaro Uribe. Chávez exigiu que Santos peça desculpas pelo ataque a um acampamento de guerrilha na fronteira da Colômbia com o Equador, realizado há dois anos, durante a gestão de Santos como ministro. "Se ele quiser ser presidente, deveria começar dizendo ''sinto muito'' e pedir perdão" pela ofensiva, disse o venezuelano.

A Colômbia é um dos principais aliados dos Estados Unidos na luta contra o tráfico de drogas e nas tentativas de conter a influência do líder de esquerda populista na América Latina. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.