Chávez fala por 8 horas e bate recorde

Durante o longo programa, ele fez acusações à imprensa do Brasil

Efe e Reuters, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2024 | 00h00

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, bateu ontem o recorde de transmissão de seu programa Alô, Presidente!, depois de falar por mais de oito horas consecutivas. O recorde anterior era do programa de 6 de agosto, quando falou por quase oito horas, cerca de 20 minutos a menos do que ontem.''''Se quiserem, podemos começar outra vez'''', disse Chávez, em tom sarcástico, quando o relógio já marcava 19h10 (21h10 de Brasília). O programa havia começado às 11 horas (13 horas em Brasília).Durante o Alô, Presidente! de ontem, Chávez denunciou ''''setores da imprensa e parlamentares'''' que o atacam no Brasil como parte de ''''uma estratégia imperialista'''' para confrontá-lo com o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva.''''Saibam os brasileiros que está em marcha uma grande campanha para evitar a união entre Venezuela e Brasil. Menos mal que Lula está consciente de tudo isso. Muita gente do povo brasileiro acaba acreditando que Chávez é inimigo do Brasil'''', declarou o venezuelano.Ele se referia à votação desta semana pelo Congresso brasileiro do sinal verde para que a Venezuela passe a integrar o Mercosul. ''''Essa é a estratégia do império (os EUA) para nos separar, para impedir nossa união e para continuar nos dominando.''''

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.