Chávez ironiza "preocupação" de Bush com a Venezuela

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, reagiu com ironia à afirmação feita pelo presidente americano George W. Bush, durante um discurso, de que está "um pouco preocupado" com a situação na Venezuela."São sinais muito positivos de que este é o caminho certo. Se a corja ataca, está tudo bem; se aplaudisse, estaria mal", afirmou Chávez referindo-se a Bush. O presidente americano disse a um imigrante que se identificou como venezuelano: "Estou um pouco preocupado com o seu país"."Bush está muito preocupado com a Venezuela. Parece que não consegue dormir, porque aqui há violação de direitos humanos, tráfico de pessoas e não fazemos nada para evitar", ironizou Chávez num discurso para uma platéia de empresários."Às vezes surgem líderes que prejudicam as tradições e o povo de um país", acrescentou Bush. Chávez concordou apenas com o que diz respeito às tradições. "Nunca mais voltará a era dos pactos das elites nefastas", prometeu.Revolução socialistaO presidente venezuelano acusou seus antecessores de terem governado "às custas dos interesses da maioria e do país". Disse também que está "construindo soberanamente um novo modelo político e social, livre do jugo dos EUA". Chávez alertou para o que define como o aumento dos ataques à "revolução pacífica e democracia socialista" venezuelana."Na Assembléia da OEA, por exemplo, o debate foi concentrado na Venezuela", comentou, ao falar da reunião da Organização dos Estados Americanos desta semana, na República Dominicana. No encontro, seu país foi acusado de ingerências em assuntos eleitorais do Peru e de outras nações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.