Chávez não descarta reunião com Condoleezza Rice no Chile

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, não descarta se reunir no Chile com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, garantiu nesta quinta-feira o embaixador do país em Santiago, Víctor Delgado. Chávez e Rice se encontrarão durante a posse de Michelle Bachelet, eleita presidente do do Chile, no sábado. Segundo Delgado, o presidente Chávez ficará poucas horas no país. De acordo com o embaixador, a agenda de Chávez no Chile se limitará à troca de comando chileno, que acontecerá às 12h, horário de Brasília, no porto de Valparaíso, e a um almoço oferecido pela presidente Michelle Bachelet. Hugo Chávez viajará ao Chile acompanhado de cinco ministros liderados pelo vice-ministro das Relações Exteriores, Alcides Rondón, disse o embaixador Delgado. Sobre se a Venezuela buscará o apoio do Chile para se tornar membro do Conselho de Segurança das Nações Unidas, Delgado afirmou que seu Governo pedirá a Michelle Bachelet apoio para que o país ingresse no organismo.

Agencia Estado,

09 Março 2006 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.