Chávez nega que rebeldes retenham venezuelanos

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, negou ontem que as Farc mantenham reféns venezuelanos - contrariando entidades que estimam em até 60 o número de cativos dessa nacionalidade. Chávez lembrou o caso do empresário venezuelano Richard Boulton, que foi seqüestrado em 2000, supostamente pelas Farc. Em 2002, no entanto, ele foi libertado por paramilitares de direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.