Chávez nega ter dado ultimato ao Brasil

O presidente Hugo Chávez negou ontem, em seu programa Alô Presidente, ter dado um ultimato para que o Congresso brasileiro aprovasse a adesão da Venezuela ao Mercosul e culpou os EUA pelos ''''mal-entendidos''''. Chávez também agradeceu ao chanceler Celso Amorim, presente no programa, pela intenção de solicitar ao Congresso a aprovação da entrada venezuelana. ''''Isso tem de ser ressaltado, pois os agentes do império estão à caça de qualquer coisa que alguém diga para nos fazer brigar e sabotar a integração latino-americana'''', disse Chávez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.