, O Estado de S.Paulo

09 de julho de 2010 | 00h00

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, designou ontem Euclides Campos como novo comandante do Exército e Luis Moto como chefe da Guarda Nacional, após passar os antigos generais para a reserva. Campos substituirá Juan Paredes, enquanto Mota assumirá o posto de Freddy Carrión. O presidente também nomeou Henry Rangel para o Comando Estratégico Operacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.