Chávez ocupa terra considerada latifúndio

O governo da Venezuela assumiu ontem o controle de outra propriedade em menos de uma semana, como parte de um projeto para combater o latifúndio. O presidente do Instituto Nacional de Terras, Juan Carlos Loyo, disse que a propriedade agrícola de 2.800 hectares no Estado de Barinas sofreu intervenção, pois excedia a extensão de propriedade privada. Segundo ele, as terras serão ocupadas, enquanto o governo estiver realizando o processo de compra. Há anos o presidente venezuelano, Hugo Chávez, declara guerra aos latifúndios, prometendo promover a propriedade coletiva no campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.