Chávez pedirá ao Congresso autoridade para decretar leis

Após semanas de chuvas que provocaram enchentes na Venezuela, o presidente do país, Hugo Chávez, disse que pedirá ao Congresso na semana que vem poderes para decretar leis com o objetivo de melhorar a resposta do governo à "situação emergencial".

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2010 | 19h29

"Não há um segundo a perder", disse Chávez à rede de televisão estatal na sexta-feira à noite, acrescentando que a medida lhe permitirá decretar leis "agora, nos próximos dias, no Natal e durante o Ano Novo". A solicitação do presidente provavelmente será aprovada pelos congressistas, que em sua maioria apoiam o governo. Em janeiro, as cadeiras serão renovadas e a oposição terá maior participação no Congresso.

Chuvas constantes ao longo das últimas semanas forçaram a Venezuela a declarar situação de emergência em dez Estados e na capital do país, Caracas. Mais de 120 mil pessoas deixaram suas casas e foram enviadas a 800 abrigos, que incluem escolas, bases militares, prédios do governo e uma ala do palácio presidencial. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaChávezDecreto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.