Chávez promete renunciar caso perca referendo

O presidente Hugo Chávez prometeu renunciar caso seja derrotado em um possível referendo sobre o seu governo. "Se eu perder um referendo (que poderá ser convocado pelo Conselho Nacional Eleitoral), me vou", disse Chávez em uma entrevista publicada pelo jornal El Universal. "Os venezuelanos bem informados, inclusive adversários, sabem que eu não sou nenhum tirano".No entanto, o presidente insistiu na existência de evidência sólida de que a oposição fraudou a coleta de assinaturas para a realização do referendo. O conselho eleitoral "tem que tomar muito cuidado", disse Chávez. "Se o árbitro perde o respeito dos jogadores, e sobretudo do público, o jogo não acaba bem".Chávez vem afirmando que milhares de pessoas assinaram duas vezes o pedido de convocação do referendo e criticou a Organização dos Estados Americanos (OEA) por ter certificado o processo. O conselho eleitoral começou a analisar as assinaturas no último sábado e poderá anunciar uma decisão em até um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.