Chávez quer aliança militar contra EUA

Objetivo é defender países da Alba de suposto ataque do ?imperialismo?

Caracas, O Estadao de S.Paulo

28 de janeiro de 2008 | 00h00

Os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e da Nicarágua, Daniel Ortega, propuseram ontem a criação de uma "aliança militar antiimperialista" para defender a América Latina de um possível ataque dos EUA. A coalizão reuniria as Forças Armadas da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba), da qual fazem parte também Cuba, Bolívia e Dominica. "O inimigo é o mesmo: o império americano. Mas, se atacarem um de nós, será um ataque contra todos nós", disse Chávez em seu programa dominical na TV Alô Presidente, que teve a participação de Ortega.Afirmando que os EUA representam uma ameaça à segurança da região, Chávez ordenou que seus ministros da Defesa e das Relações Exteriores elaborem um projeto de criação de um Conselho de Defesa da Alba. Ele atribuiu à "oligarquia colombiana" supostos planos para criar um conflito bélico com a Venezuela, tendo os americanos como cúmplices. "Temos certeza de que o governo colombiano está seguindo a linha que Washington dita", disse. Na sexta-feira, Chávez já havia acusado Bogotá de planejar, junto com os EUA, uma agressão militar contra a Venezuela.Caracas e Bogotá enfrentam uma crise diplomática desde novembro, quando o presidente colombiano, Álvaro Uribe, cancelou a mediação que Chávez vinha fazendo com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), em busca da libertação de reféns. "Essa ação não é apenas contra a Venezuela, mas sim contra o processo de integração regional", disse Ortega, acusando os EUA de usarem a Colômbia para minar as relações na região. No sábado, o nicaragüense acusou Bogotá de criar uma "tensão militar" ao não acatar a sentença da Corte de Haia sobre uma zona marítima limítrofe. Ontem o chanceler colombiano, Fernando Araújo, disse irá responder formalmente à denúncia de Ortega. AFP E AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.