Chávez quer referendo sobre reforma constitucional neste ano

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta quarta-feira que pretende convocar durante o segundo semestre de 2007 um referendo sobre a reforma constitucional quepromove como um mecanismo para acelerar a instauração do socialismo no país.Chávez revelou ainda que pediu à Assembléia Nacional poderes especiais por um ano e meio para decretar leis.Ele deu posse aos membros da Comissão para a Reforma daConstituição e do Conselho Presidencial do Poder Comunal, que servirão "para a ativação dos motores da transição" para o socialismo, como a reforma constitucional, a concessão de poderes especiais ao Executivo e a transferência do poder ao povo organizado em Conselhos Comunais.O chefe do Estado disse que o "motor constituinte da reforma constitucional" é uma "necessidade devido às novas situações" desde a promulgação da Constituição Bolivariana de 1999.A reeleição presidencial indefinida e a modificação de artigos sobre as atividades petrolíferas, de gás, e a divisão político-territorial do país são algumas das reformas constitucionais propostas até agora por Chávez.A Constituição Bolivariana foi redigida por uma AssembléiaNacional Constituinte em 1999 e aprovada em referendo popular em dezembro do mesmo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.