Chávez recebe título de doutor honoris causa em Damasco

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi investido doutor honoris causa pela Universidade de Damasco, numa cerimônia em que várias personalidades sírias elogiaram a posição venezuelana em defesa das causas árabes. Chávez, que faz sua primeira visita oficial à Síria, defendeu diante de centenas de professores, políticos e estudantes a necessidade dereforçar "a unidade e a cooperação" entre Síria e Venezuela. Ele destacou que os dois países iniciaram uma "nova etapa em suas relações" com a assinatura de vários acordos e protocolos de cooperação. O presidente venezuelano reafirmou que seu país está disposto a cooperar com a Síria nas áreas de agricultura, indústria, comércio, turismo, petróleo e economia. Ele sugeriu uma colaboração maior entre as universidades de Damasco e Caracas. Chávez afirmou ainda que problemas do Oriente Médio são resultado da "hegemonia dos Estados Unidos e de seus aliados", e destacou a importância da unidade entre Síria e Venezuela na "luta contra o imperialismo". O reitor da Universidade de Damasco, Wael Muala, disse que o título foi concedido a Chávez em reconhecimento pela sua posição "em defesa da Justiça no mundo todo". Durante a cerimônia, milhares deestudantes e cidadãos sírios se reuniram nos arredores da Universidade com bandeiras dos dois países, e cantaram refrões de apoio a Chávez. O governante venezuelano chegou a Damasco na terça-feira, para uma visita de três dias. Na quarta-feira ele se reuniu com o presidente Bashar al-Assad.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.