Carlos Garcia Rawlins/Reuters
Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Chávez recupera-se bem de cirurgia, afirma ministro

Presidente do Paraguai confirma informação e diz que não conversou com Chávez; oposição reclama

estadão.com.br,

27 de junho de 2011 | 17h10

CARACAS - A condição de saúde do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, vem melhorando desde que foi submetido a uma cirurgia emergencial durante visita de Estado que fazia a Cuba há cerca de duas semanas. A afirmação foi feita nesta segunda-feira, 27, pelo general Carlos Mata Figueroa, ministro da Defesa da Venezuela.

 

Veja também:

blog GABEIRA: Chávez volta para a festa de Independência

linkRumor de câncer acirra divisão política no país

linkOposição deve 'parar de sonhar' com câncer

linkAusência alimenta especulações sobre sucessão

Em entrevista concedida ao jornal Ciudad Caracas, Figueroa disse que Chávez "recupera-se genuinamente" da cirurgia, realizada por conta de um abscesso pélvico 16 dias atrás. A informação foi confirmada pelo presidente do Paraguai, Fernando Lugo, em entrevista à Efe. Segundo Lugo, Chávez "está bem" e "se recupera".

 

Lugo, contudo, não se encontrou com o líder venezuelano. "Pessoalmente não conversei com ele (Chávez), ele me enviou algumas mensagens", disse o presidente paraguaio. Lugo disse ainda que se preocupou pela saúde do colega "assim como quase todos os presidentes da região se preocuparam por mim no ano passado", em referência a período em que foi submetido a um tratamento para um câncer linfático.

 

Mercosul

 

O presidente do Paraguai disse que houve conversas com "alguém próximo" a Chávez e com o chanceler Nicolás Maduro, da Venezuela. Na terça-feira Lugo vai se encontrar com Maduro em Assunção, durante a reunião do Conselho do Mercado Comum do Mercosul. "Teremos de maneira mais direta (informações sobre) o estado real de saúde (de Chávez) porque criou-se uma grande expectativa e possivelmente também uma especulação com relação" à saúde do presidente, disse.

 

Nos últimos dias, funcionários do governo têm buscado fazer frente às especulações em torno da saúde de Chávez em meio ao longo e incomum período de afastamento.

 

A oposição em Caracas tem insistido que faltam informações precisas sobre o problema de saúde de Chávez, que tem 59 anos. Ele foi operado no dia 10 em Havana, capital cubana.

 

Com Agência Estado e Efe

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeChávezcirurgiaVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.