Chávez saúda conversas de paz entre Colômbia e Farc

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse que está disposta a ajudar nas negociações de paz entre o governo da Colômbia e as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). Ele parabenizou os dois lados e afirmou que sua ajuda foi requisitada pelo presidente colombiano Juan Manuel Santos: "Eu disse para o presidente: o que for necessário para a paz na Colômbia, eu estou disposta a fazê-lo", disse Chávez em discurso transmitido em cadeia nacional na noite de terça-feira.

AE, Agência Estado

05 de setembro de 2012 | 10h06

Os dois lados assinaram um roteiro para dar início a negociações formais de paz, anunciou na tarde de terça-feira o presidente Santos, em pronunciamento à nação. Um pouco mais tarde, o líder das Farc, Rodrigo Londoño Echeverry, de codinome Timochenko, confirmou em Havana a abertura das conversações.

"Espero que eles não falhem em seu compromisso de chegar à paz", afirmou Chávez. "Meus cumprimentos e um muito obrigado ao presidente Santos pelos esforços que vem fazendo. Eu sou testemunha, pois nós estamos ajudando modestamente", afirmou o presidente venezuelano. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaColômbiaChávezFarc

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.