Chávez se reúne com Fidel a portas fechadas em Havana

Segundo imprensa estatal, líderes conversaram sobre ameaça de uma iminente guerra nuclear

AP,

25 de agosto de 2010 | 22h19

HAVANA- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, se encontrou a portas fechadas por cinco horas nesta quarta-feira, 25, com o líder cubano Fidel Castro. De acordo com a TV estatal de Havana, eles discutiram os avisos do ex-ditador sobre uma guerra nuclear iminente.

 

Fidel tem usado suas colunas de opinião por meses para alertar sobre a possibilidade de Israel e Estados Unidos iniciarem uma guerra nuclear com um ataque ao Irã. Para o ex-presidente, a Coreia do Norte também pode ser alvo de Washington.

 

Segundo o canal estatal, o líder venezuelano expressou satisfação com o estado de saúde "magnífico" de Fidel.

 

Esta foi a primeira visita do venezuelano, aliado próximo de Fidel, após o cubano ter feito uma série de aparições públicas.

 

O comandante reapareceu em público no começo de julho após quatro anos de reclusão por causa de uma grave doença que em 2006 o obrigou a delegar a presidência de a seu irmão Raúl, que foi ratificado no cargo em fevereiro de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
Hugo ChávezFidel CastroVenezuelaCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.