Chávez sofre primeira derrota no Congresso

Em uma sessão que confirmou que a maioria avassaladora desfrutada pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está se diluindo, os deputados de oposição, pela primeira vez em mais de quatro anos, derrotaram nesta terça-feira uma proposta do governo.Horas depois que os deputados de oposição solicitaram ao Tribunal Supremo de Justiça que se pronuncie sobre uma mudança no regimento interno - que permite ao oficialismo aprovar leisunilateralmente -, os partidários de Chávez não conseguiram somar os 83 votos que necessitavam para aprovar tal reforma no Congresso.A votação terminou com 82 votos a favor, 79 contra e três abstenções. No entanto, diante da derrota, o presidente do Congresso, Francisco Ameliach, considerado da ala radical dopartido do governo, negou-se a aceitar o resultado como definitivo e suspendeu abruptamente a sessão.O regimento estabelece que seriam necessária a metade mais um dos votos de todos os deputados presentes à sessão para que a proposta fosse aprovada, neste caso 83 votos a favor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.