Chávez tem vantagem de 22 pontos em corrida pela reeleição

A um mês das eleições, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, tem uma vantagem de 22 pontos percentuais sobre seu mais forte rival em sua busca por mais um mandato, de acordo com pesquisa divulgada nesta terça-feira. A sondagem, promovida pela Companhia Evans/McDonough, baseada nos EUA, em conjunto com a venezuelana Consultores 30.11, atribuiu a Chávez 57% das intenções de voto, contra 35% de Manuel Rosales. A pesquisa foi encomendada pela PDVSA Holdings, uma subsidiária da estatal Petroleos de Venezuela SA. Os institutos de pesquisa garantiram que não houve influência da PDVSA sobre a sondagem e que a companhia tomou conhecimento dos resultados apenas nesta terça-feira junto ao público. Foram entrevistados 2.000 eleitores em todo o país de 26 de outubro a 3 de novembro, com uma margem de erro de 2.2 pontos percentuais. Um por cento expressou apoio a outro candidato da oposição, o comediante Benjamin Rausseo. A pesquisa também mostrou que 53% dos eleitores têm uma avaliação positiva do governo Chávez, enquanto 37% têm uma percepção negativa. Já 10% não quiseram responder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.