Chávez viaja a China para firmar contrato de superpetroleros

Durante seu programa dominical de rádio e televisão "Alô Presidente!", Hugo Chávez afirmou que "amanhã, ou quem sabe esta noite, irei até a China para firmar acordos muito importantes".O Ministério de Comunicação informou através de um comunicado que um dos objetivos da visita do presidente a Pequim é firmar um convênio para construir superpetroleiros, mas não especificou o número de construções."Precisamos ter nossa frota e não depender de outros para transportar um produto tão estratégico como o petróleo", afirmou Chávez na última quinta-feira em um encontro com aliados.O convênio também vai incluir a transferência de tecnologia para a fabricação de perfuradores petroleiros sob licença chinesa.Além disso, o presidente venezuelano vai visitar o local onde está sendo fabricado o satélite "Simón Bolívar", primeiro da história da Venezuela, que entrará em órbita em 2008.Na área agrícola, está previsto o avanço do projeto para que a China assessore a Venezuela na produção de sisal nos estados de Lara e Falcão, o que daria à região o posto de terceira maior produtora da planta no mundo.A viagem de Chávez, que também inclui escalas na Malásia e Angola, termina "nos primeiros dias de setembro", segundo afirmou o próprio presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.