Palácio de Miraflores/Divulgação
Palácio de Miraflores/Divulgação

Chávez viajará a Cuba para 2º sessão de quimioterapia

Líder venezuelano iniciou tratamento no país aliado; viagem deve ser autorizada pela Assembleia

Agência Estado

05 de agosto de 2011 | 20h57

CARACAS - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, pretende submeter-se a um segundo ciclo de quimioterapia em Cuba e requisitou nesta sexta-feira, 5, uma autorização da Assembleia Nacional para se ausentar do país para cuidar de sua saúde.

 

Horas depois da apresentação do pedido, a Assembleia Nacional da Venezuela convocou para as 11 horas de sábado (12h30 em Brasília) uma sessão extraordinária para votar o pedido de autorização.

 

Chávez, que recentemente completou 57 anos de idade, submeteu-se no mês passado a um primeiro ciclo de quimioterapia em Cuba. Na ocasião, ele também pediu autorização da Assembleia para se ausentar do país.

 

Nos últimos dias, médicos avaliavam se Chávez seria submetido ao tratamento na própria Venezuela ou se iria a Cuba.

 

Em junho, durante visita de Estado a Cuba, médicos extraíram um tumor maligno da pelve de Chávez. Na ocasião, o presidente venezuelano teve de permanecer em repouso e não pôde regressar a seu país. O fato de Chávez ter continuado a governar do exterior alimentou críticas de seus opositores. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.