Chávez viajará "para ajudar a salvar o mundo"

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou neste sábado que na próxima semana iniciará uma viagem internacional por vários países em um "esforço para salvar o mundo, para ajudar a salvar ao mundo de tantas ameaças e guerras, de tanta fome e miséria"."Passarei meu aniversário (no próximo dia 28) no Oriente Médio. Vamos a Belarus, Rússia, Irã, Catar, Vietnã e a alguns países da África", disse o governante em um ato televisionado para comemorar o fim do ano letivo 2005-2006.O vice-presidente da Comissão de Política Externa da Assembléia Nacional (Parlamento), Carlos Escarrá, assinalou um dia antes que a viagem de Chávez se estenderá até 2 de agosto e que começará na próxima quarta-feira na cidade argentina de Córdoba, onde assistirá à Cúpula do Mercosul entre os dias 20 e 21.Em seu programa dominical "Alô, Presidente!" de 11 de junho, Chávez havia anunciado que iria a Rússia, Irã, China, Vietnã e Coréia do Norte e posteriormente deixara em aberto a possibilidade de fazer uma escala na Síria.Um mês depois, o ministro das Relações Exteriores, Alí Rodríguez, disse que Chávez mantinha sua visita à Coréia do Norte, apesar da crise internacional desatada por seus testes de mísseis de longo alcance, mas nem esse país nem a Síria foram confirmados hoje como parte da viagem do governante venezuelano.Chávez disse que deve concentrar suas visitas ao exterior em datas que não vão além de 3 de setembro, dia no qual começará a campanha eleitoral para as eleições presidenciais de 3 de dezembro, às quais se apresentará como candidato para tentar ser reeleito para o período 2007-2013.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.