Chávez volta a Caracas após tratamento em Cuba

Chávez volta a Caracas após tratamento em Cuba

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, voltou para casa na sexta-feira depois de passar 11 dias em Cuba para realizar tratamento contra o câncer. Segundo Chávez, as sessões de radioterapia mais recentes foram bem sucedidas.

AE, Agência Estado

12 Maio 2012 | 18h30

"Gostaria de dizer que completamos com sucesso o tratamento médico", disse o presidente venezuelano no Aeroporto Internacional Simon Bolívar. "Claro, preciso seguir rigorosamente as recomendações médicas nos próximos dias para continuar me recuperando."

Chávez começou o tratamento de radioterapia contra o câncer no final de março, após uma cirurgia para a remoção de um segundo tumor da região pélvica. Desde junho do ano passado, o presidente de 57 anos luta contra um tipo não revelado de câncer.

O tratamento tem forçado Chávez a diminuir sua rotina diária e impedido o presidente de fazer campanha como antigamente. O candidato da oposição à presidência do país, Henrique Capriles, está viajando pelo país há semanas para obter apoio para as eleições presidenciais de 7 de outubro.

Chávez, no entanto, pretende intensificar sua campanha. "Conforme as horas e os dias passam, tenho certeza de que, com a ajuda de Deus, a ciência médica e este corpo de soldado, voltarei para onde devo estar, na linha de frente da batalha, junto do povo venezuelano, promovendo a revolução socialista."

Em seu retorno, Chávez acusou seus adversários políticos de liderar uma campanha internacional com o objetivo de levantar dúvidas quanto ao seu comprometimento com a democracia. Ele disse também que grupos de oposição estão planejando distúrbios violentos antes das eleições.

Capriles disse na sexta-feira que é contra qualquer tipo de violência. "Sou contra qualquer tipo de violência, não importa de onde venha." As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Chávez saúde câncer tratamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.