Chávez voltará em breve à Venezuela, diz líder colombiano

Em Cuba, presidente do país vizinho se reúne com venezuelano e diz que colega está otimista após cirurgia que retirou tumor

HAVANA, O Estado de S.Paulo

09 de março de 2012 | 03h06

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deve voltar no começo da próxima semana ao seu país, disse ontem o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, que se reuniu com ele em Cuba. O líder bolivariano retirou um novo tumor maligno de sua região pélvica na semana passada e deve passar por um tratamento radioterápico em breve.

Segundo Santos - que reaproximou a Colômbia da Venezuela após anos de antagonismo durante a gestão de seu antecessor, Alvaro Uribe - , o líder bolivariano, de 57 anos, estava animado e otimista. "Ele me disse que a recuperação está indo bem. Ficará em Cuba apenas por mais alguns dias", afirmou o colombiano.

Imagens da reunião bilateral foram transmitidas pela TV estatal venezuelana. Os dois líderes foram mostrados rindo e conversando. Chávez usava um agasalho esportivo similar ao de seu mentor, o ex-presidente cubano Fidel Castro.

Pressão. Ainda ontem, o jornalista venezuelano Nelson Bocaranda, que divulgou a piora no estado de saúde de Chávez na última semana, disse temer uma campanha do governo venezuelano para desacreditá-lo. "Pretendem me sequestrar e me drogar e tirar fotos comprometedoras para prejudicar minha credibilidade", escreveu em sua coluna Runrunes.

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) disse que está "em alerta" quanto a possíveis violações à liberdade de imprensa. Em comunicado, a entidade disse monitorar também a suposta agressão de chavistas a uma equipe da Globovisión.

Bocaranda publicou em 20 de fevereiro que Chávez fora operado às pressas em Cuba e sofrera metástase. Segundo o presidente, naquele fim de semana, ele fez exames que detectaram o retorno do câncer. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.