AP Photo/Fernando Llano
AP Photo/Fernando Llano

Chavistas colocam imagens de Chávez e Bolívar nas ruas

Quadros foram tirados da Assembleia Nacional depois de oposição ter assumido o controle do Parlamento

O Estado de S. Paulo

07 Janeiro 2016 | 20h28

CARACAS -  O prefeito do distrito caraquenho de Libertador, em Caracas, Jorge Rodríguez, ordenou ontem a instalação de imagens do herói Simón Bolívar e do presidente Hugo Chávez, morto em 2013, nas ruas da cidade. A medida é uma resposta à decisão da nova Assembleia Nacional, controlada pela oposição, de tirar as imagens dos dois do Parlamento. 

“Dei a ordem para que nas próximas horas em todas as ruas de Caracas, em todos os postes, nas cercas, esteja a imagem de nosso libertador Bolívar e esteja a imagem de nosso pai Chávez”, disse Rodríguez diante de um grupo de partidários na Praça Bolívar de Caracas.

Acompanhado de vários deputados governistas e de cerca de uma centena de simpatizantes, Rodríguez afirmou ainda que “os retratos que viraram alvos da direita fascista se manterão em exibição permanente”.

Os chavistas deixaram coroas de flores diante da estátua de Bolívar na praça. O ato faz parte de um conjunto de atividades convocadas pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, como gesto de rejeição à decisão do novo presidente da Assembleia Nacional, Henry Ramos Allup, de retirar os retratos no mesmo dia em que tomou posse do cargo.

“Vimos as presas do fascismo, mas o povo já despertou, não se metam com os amores do povo, nunca nos ajoelharemos perante nenhum império”, acrescentou o prefeito governista.

Ramos Allup defendeu hoje sua decisão de retirar as imagens do líder da chamada revolução bolivariana, e de seu sucessor, por considerá-las um abuso contra a independência do Poder Legislativo. Ainda segundo ele, só foram retiradas as imagens de Bolívar estilizadas pelo chavismo. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Venezuela Hugo Chávez Simón Bolívar

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.