Chavistas realizam comícios a favor de posse adiada

Partidários do presidente da Venezuela Hugo Chávez estão fazendo comícios por todo o país em defesa de uma decisão judicial que permitiu o adiamento indefinido da posse do líder socialista. Apesar da oposição afirmar que a posse deveria ter ocorrido em 10 de janeiro, como afirma a Constituição, a maioria dos deputados de Chávez na Assembleia votou a favor do adiamento da cerimônia.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

13 de janeiro de 2013 | 18h05

A Suprema Corte da Venezuela endossou a decisão. Mas o adiamento desagradou a muitos de seus opositores, que alegam que a definição viola a Constituição. Eles também pediram mais informações sobre o estado de saúde de Chávez, que sofre de câncer e está em Cuba, se recuperando de uma cirurgia feita em 11 de dezembro do ano passado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
posseChávez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.