"Chebi" deixa um morto e três desaparecidos nas Filipinas

O tufão "Chebi" se afastou neste domingo das Filipinas em direção ao Mar da China Meridional, após deixar um morto, três desaparecidos e nove feridos em sua passagem pela ilha nortista de Luzon, confirmaram fontes oficiais. O funcionário do Escritório de Defesa Civil, Manny Torres, indicou que um homem morreu afogado em San José, na província de Nova Écija, cerca de 150 quilômetros ao norte de Manila e onde 8.280 pessoas foram evacuadas pelas inundações causadas pelo tufão. Torres acrescentou que três pessoas permanecem desaparecidas na província de Aurora, cerca de 220 quilômetros ao nordeste da capital filipina, onde, além disso, outras nove ficaram feridas após serem atingidas por árvores derrubadas pelo forte vento produzido pelo "Chebi". Segundo o Escritório de Defesa Civil, algumas estradas nas zonas afetadas permanecem intransitáveis devido aos deslizamentos de terra e ao transbordamento de vários rios. Às 10h (meia-noite em Brasília), o escritório meteorológico Pagasa localizou o núcleo do tufão 250 quilômetros ao oeste da localidade de Iba, na província de Zambales, ao noroeste da ilha de Luzon. Os meteorologistas indicaram que o "Chebi" segue movimentando-se em direção ao oeste a uma velocidade de 19 km/h, sendo que na segunda-feira o tufão estará fora do arquipélago filipino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.