Chefe da Al-Qaeda é assassinado no Iraque

GUERRA SEM FIM

, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2010 | 00h00

O chefe militar da Al-Qaeda para o norte do Iraque, Ahmed al-Obeidi, foi assassinado ontem. Ele era um ex-oficial do serviço secreto de Saddam Hussein. A morte fortalece o premiê Nuri al-Maliki no momento em que ele luta para manter sua posição política depois da eleição de março, vencida pela oposição.Foi a terceira morte de um líder da organização nesta semana. No domingo, um bombardeio matou Abu Hamza al-Muhajir e Abu Omar al-Baghdadi, os dois principais dirigentes da Al-Qaeda no país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.