Chefe da investigação em Portugal é afastado

A polícia portuguesa anunciou ontem o afastamento de Gonçalo Amaral, coordenador das investigações sobre o desaparecimento, em maio, da menina britânica Madeleine McCann. O afastamento ocorreu após críticas de Amaral à polícia britânica - que, segundo ele, está sendo ''''enganada'''' pelos pais da menina, considerados suspeitos pelas autoridades portuguesas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.