Chefe da ONU diz que cessar-fogo em Gaza é vital

A Subsecretária-geral dos Assuntos Humanitários da Organização das Nações Unidas (ONU), Valerie Amos, afirmou que um cessar-fogo para o fim da violência em Gaza é vital por causa da deterioração da situação.

AE, Agência Estado

24 de julho de 2014 | 00h49

Ela alertou que as pessoas estão ficando sem comida e mais de 100.000 estão abrigadas em escolas da ONU. "A maioria dos mortos em Gaza são mulheres, crianças, homens que não têm nada a ver com a luta", disse, em entrevista.

Amos também defendeu uma profunda mudança no modo como a ajuda humanitária é entregue em muitas áreas para lidar com o crescente descompasso entre as necessidades de financiamento e a ajuda recebida. Para ela, uma lição aprendida com o tufão Haiyan no ano passado, nas Filipinas, é a necessidade de envolver as comunidades locais na resposta e tornar a comunidade internacional apenas a última opção. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelgazaonu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.