Chefe da polícia nacional da Colômbia pede demissão

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou nesta quinta-feira a demissão do chefe da polícia nacional colombiana, a polícia federal do país, o general Oscar Naranjo, de 55 anos. Santos disse que Naranjo pediu demissão porque sentiu que sua renúncia ao cargo era necessária para abrir caminho às carreiras de oficiais mais novos. Naranjo comandou a polícia federal colombiana desde 2007. Santos disse que a pediu a Naranjo que fique no cargo como interino até julho. Sob o comando de Naranjo, a polícia colombiana deslanchou várias operações de sucesso contra os cartéis do narcotráfico, as guerrilhas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) e do Exército de Libertação Nacional (ELN) e os paramilitares de direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.