Chefe das forças de paz da ONU vai deixar o cargo

O chefe das operações de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), o francês Alain Le Roy, vai deixar o cargo no fim do seu mandato, em agosto, disse a entidade na segunda-feira.

REUTERS

27 de junho de 2011 | 20h17

Em nota, o porta-voz Farhan Haq afirmou que o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, "lamenta profundamente" a decisão de Le Roy, mas "entende plenamente as razões familiares" por trás da decisão.

Le Roy comanda o Departamento de Operações de Paz da ONU há três anos, período em que supervisionou o envolvimento da organização em crises na República Democrática do Congo, no Haiti, no Sudão, na Costa do Marfim e em outros lugares.

"Le Roy enfrentou todos os desafios operacionais com grande habilidade e dedicação, o que resultou em importantes feitos no terreno", disse Haq.

"Ao mesmo tempo, ele tem trabalhado constantemente e com sucesso com os Estados membros e com outros parceiros para tornar as operações de paz da ONU cada vez mais efetivas e eficientes."

Um porta-voz do departamento de missões de paz disse que Le Roy "expressou o desejo de dedicar mais tempo à sua família e irá voltar à França no fim do seu atual mandato."

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
ONULEROYSAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.