Chefe de painel climático da ONU defende descobertas do grupo

O líder do painel de cientistas climáticos da ONU defendeu enfaticamente nesta segunda-feira os indícios de que o homem estão aquecendo o planeta, depois de críticos afirmarem que o vazamento de emails de uma universidade britânica desqualificou as evidências.

REUTERS

07 de dezembro de 2009 | 10h14

"A consistência interna de linhas múltiplas de evidência apoiam fortemente o trabalho da comunidade científica, incluindo aquelas apontadas nas trocas de emails", disse Rajendra Pachauri na abertura da conferência climática de 192 países em Copenhague.

Pachauri é o líder do Painel Intergovernamental Sobre Mudanças Climáticas da ONU, que disse em 2007 ter pelo menos 90 por cento de certeza de que os homens são responsáveis pelo aquecimento global.

Os mais céticos dizem que os emails vazados da University of East Anglia, na Grã-Bretanha, mostram que os cientistas manipularam evidências. Pachauri disse que as descobertas foram isoladas de falsificações graças a um rígido processo de revisão.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCLIMADEFENDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.