Chefe de polícia de Jerusalém sofre enfarte

O chefe de polícia de Jerusalém sofreu um ataque cardíaco ao chegar no local do atentado suicida na cidade. Os médicos disseram que seu estado de saúde é grave, mas está sob condições estáveis, internado no mesmo hospital onde as vítimas do acidente estão sendo atendidas. O chefe de polícia Mickey Levy costuma responder à imprensa quando um ataque de grande porte acontece em Jerusalém e dirigiu-se rapidamente ao local do ataque terrorista provocado por um palestino suicida neste domingo, causando sua morte e de mais uma mulher. ``Mickey estava no centro da ação em uma cidade especial onde há muito trabalho?, disse o comissário de polícia Shlomo Aharonishki. Momentos antes de sofrer o colapso cardíaco e ser levado para o hospital Bikur Holim, Levy falou para uma emissora de rádio, descrevendo a cena e pedindo que o local fosse evacuado.

Agencia Estado,

27 Janeiro 2002 | 12h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.