Chefe do combate ao tráfico na Colômbia renuncia

O coronel Luis Alfonso Plazas renunciou ao cargo de chefe do Diretório Nacional de Narcóticos (DNE) da Colômbia. Em sua carta de renúncia, Plazas pede que o governo garanta sua segurança, "porque as ameaças e riscos que pesam sobre mim são reais". Ele não fez referência às acusações de desvio ou desperdício de milhões de dólares em propriedades apreendidas de traficantes desde que assumiu o comando do DNE, em 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.