Chefe dos ministérios de Humala pede demissão

O chefe do Conselho de Ministros do Peru, Salomon Lerner, renunciou ao cargo ontem, após uma reunião, segundo comunicado da presidência. Lerner é a primeira baixa sofrida pelo presidente Ollanta Humala, que aceitou o pedido e nomeou Oscar Valdes, ministro do Interior, para substituí-lo. Pela lei peruana, a queda acarretará um pedido coletivo de demissão dos ministros, ficando a critério do presidente mantê-los no cargo ou afastá-los.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.