Chefe nuclear da ONU não vê progresso em visita a Israel

O diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, vinculada à ONU), Mohamed El-Baradei, não fez progressos em sua tentativa de discutir a questão das armas nucleares com o governo de Israel. Segundo uma fonte da agência, El-Baradei não conseguiu permissão das autoridades israelenses para visitar o reator nuclear de Dimona, considerado o local onde Israel produz armas nucleares. O diretor da AIEA reuniu-se com funcionários da agência atômica israelense e ouviu sobre as preocupações de Israel quanto ao programa nuclear iraniano. "Eles estão expressando preocupações sobre o Irã", disse El-Baradei, que deve se reunir nesta quinta-feira com o primeiro-ministro Ariel Sharon.

Agencia Estado,

07 de julho de 2004 | 17h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.