Chega a 11 número de americanos mortos em um só dia no Iraque

Militares dos EUA anunciaram a morte de mais seis soldados americanos no Iraque, elevando a 11 o número de homens das Forças Armadas mortos num mesmo dia. Um fuzileiro naval e um soldado morreram no ataque de um homem-bomba que se infiltrou numa fila de recrutas da polícia em Ramadi, na quinta-feira, num atentado que matou pelo menos 58 pessoas. Dois outros soldados perderam a vida em Bagdá, quando o carro em que viajavam atingiu uma bomba de beira de estrada. Além disso, dois fuzileiros foram mortos a tiros em incidentes separados na cidade de Faluja. Anteriormente, os militares haviam anunciado cinco mortes de soldados dos EUA na quinta-feira, dia que foi o quarto mais sangrento de toda a guerra - os atentados cometidos ontem deixaram 136 mortos, incluindo os americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.