Chega a cem o número de soldados ingleses mortos no Iraque

A centésima vítima do Exército britânico no Iraque foi morta nesta segunda-feira pela explosão de uma bomba à beira de uma estrada. Esta é mais uma baixa em combate das forças militares da Grã-Bretanha desde a invasão dos Estados Unidos ao país, em 2003, segundo informou o Ministério da Defesa britânico.O soldado, que ainda não havia sido identificado, foi morto por uma explosão que ocorreu próxima ao consulado dos EUA em Basra, segundo afirmou o Capitão Katie Brown. Ao sul da cidade estão posicionados 7.500 soldados ingleses.De acordo com dados do ministério, 131 militares foram mortos desde o início da guerra. Desses, cem ocorreram durante conflito contra insurgentes.As outras 31 mortes, segundo o ministério, foram causadas por acidentes rodoviários, doenças, causas naturais ou causas inexplicáveis.Nos primeiros 15 dias do ano, o ministério confirmou que 99 militares e civis britânicos foram mortos em conflito, e outros 1.242 deram entrada em hospitais por doenças ou ferimentos fora de combate.No mesmo período, 724 pessoas foram evacuadas do Iraque, concluiu o ministério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.