Chega a três o número de mortos no atentado em Nova Délhi

Outras 22 pessoas ficaram feridas, que ocorreu quando o mercado da capital estava muito movimentado

EFE

28 de setembro de 2008 | 05h38

Uma pessoa morreu neste domingo por causa dos ferimentos sofridos no sábado na explosão de uma bomba no mercado de Mehrauli da capital indiana. Com isso, chega a três o número de mortos no atentado, o segundo sofrido por Nova Délhi em duas semanas, disse uma fonte do hospital. O superintendente do hospital público AIIMS, John Bera, citado pela "PTI", informou sobre a morte de um homem não identificado e no sábado à noite de outro que sofreu graves ferimentos cervicais. Outras 22 pessoas ficaram feridas na explosão, que ocorreu na primeira hora da tarde, quando o mercado do sul de Nova Délhi estava muito movimentado. "Dois homens jovens passaram pela região em motocicleta e jogaram um pacote. A bomba que havia em seu interior explodiu quando uma criança o abriu ao pegá-lo no chão", explicou um porta-voz policial. A criança morreu.

Tudo o que sabemos sobre:
MERCADONOVA DELHI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.