Manuel Bruque/EFE
Manuel Bruque/EFE

Chega a Valência primeiro navio com 274 imigrantes após dias no mar

A Cruz Vermelha fará o primeiro atendimento destas pessoas e as levará a diferentes pontos em função da situação de cada uma

EFE

17 de junho de 2018 | 02h26

VALÊNCIA - A embarcação patrulheira da Guarda Costeira da Itália, o Dattilo, na qual viajam 274 migrantes e que acompanha o navio Aquarius, atracou por volta das 7h (hora local) deste domingo, 17, após oito dias de travessia.

O píer de cruzeiros 2 do Porto de Valência está preparado para receber a chegada escalonada de 630 migrantes que viajam a bordo de três embarcações: 274 no Dattilo, 106 no Aquarius (que será o segundo a chegar) e 250 no Orione, da Marinha italiana, o último que entrará no porto valenciano.

+++ A Itália e os imigrantes

Duas lanchas da Guarda Civil acompanharam o Dattilo na sua entrada ao porto, aonde após ter atracado pessoal de Saúde subiu para fazer uma primeira triagem das pessoas a bordo, das quais 182 são homens, 32 mulheres (uma delas grávida) e 60 crianças não acompanhadas (52 meninas e oito meninos).

+++ Itália e França pedem centros de imigração fora da Europa

Depois do desembarque, que se estima que pode durar cerca de duas horas, a Cruz Vermelha fará o primeiro atendimento destas pessoas em uma tenda instalada perto dessa área, e as levará a diferentes pontos em função da situação de cada uma.

Às 9h está previsto que chegue ao porto de Valência o Aquarius, no qual viaja a maior parte das pessoas consideradas mais vulneráveis, como grávidas, crianças e pessoas com queimaduras. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.