Chegada de tufão evacua cidade chinesa

Cerca de 7.600 pessoas tiveram que deixar a cidade costeira de Ningbo, na província oriental chinesa de Zhejiang, depois do anuncio do tufão Ewiniar.Os moradores foram hospedados em escolas e abrigos temporários, enquanto mais de 8.000 navios retornaram ao porto, explicou o escritório provincial de controle de inundações.As operações de evacuação também estão sendo preparadas em outras cidades da província, como Taizhou, Zhoushan e Wenzhou, afirma a agência estatal de notícias "Xinhua".A tempestade tropical, que está a sudoeste de Dinghai, no Mar da China Oriental, se desloca em direção norte-noroeste a 10-15 km/h e arrasta ventos de até 162 km/h.O Ewiniar, que significa "deus das tempestades", se formou em 1 de julho no Oceano Pacífico, ao leste das Filipinas. Em maio, chegou à costa chinesa o primeiro tufão do ano, o Chanchu, que deixou 23 mortos e um milhão de evacuados, enquanto em junho chegou o Jelawat, que não deixou vítimas fatais, mas obrigou a interromper o tráfego marítimo e aéreo durante várias horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.