Chegam a 12 os mortos em acidente no leste da China

As equipes de resgate continuam os trabalhos, buscando um número indeterminado de desaparecidos

EFE,

04 de agosto de 2007 | 05h12

Equipes de resgate encontraram mais quatro corpos nas últimas horas num rio turístico do leste da China, elevando para 12 o total de mortes causadas por um acidente no local, informou neste sábado, 4, a imprensa estatal chinesa. Os corpos foram achados cinco quilômetros rio abaixo do local onde uma correnteza arrastou um grupo de 30 pessoas. Elas contemplavam o fenômeno das ondas no Qiantang, que acontece todos os anos no verão, nos arredores da cidade de Hangzhou. As equipes de resgate continuam os trabalhos, buscando um número indeterminado de desaparecidos. Já começaram as tarefas de identificação das vítimas, aparentemente todas elas chinesas. O rio Qiantang é famoso pelas ondas que se formam em alguns dias do ano, que chegam a 3,5 metros de altura. O fenômeno atrai muitos turistas, mas é considerado perigoso pelos habitantes.

Tudo o que sabemos sobre:
resgate, buscas, desaparecidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.