Chegam a 73 os mortos em explosão de mina na China

Chegaram a 73 os mortos pela explosão de uma mina na China, onde equipes de resgate, com mais de 80 bombeiros, ainda tentam localizar trabalhadores presos no subsolo, enquanto 113 estão internados, 21 em estado crítico, segundo a agência oficial de notícias Xinhua. A explosão aconteceu às 2h17 locais (15h17 de sábado, pelo horário de Brasília), quando 436 mineiros se encontravam no subsolo da mina Tunlan, pertencente à companhia de carvão Coque Shanxi, uma dos principais da China, na cidade de Gujiao, próxima à capital da província, Taiyuan. Somente no passado, 3.214 mineiros morreram em acidentes na China, que depende em 70% da energia produzia pelo carvão. Para piorar, 80% das 16 mil minas de carvão chinesas são ilegais, o que dificulta a fiscalização das medidas de segurança.

AE-AP, Agencia Estado

22 de fevereiro de 2009 | 06h41

Tudo o que sabemos sobre:
explosãominaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.