Chegam dois vôos trazendo brasileiros do Líbano

O Itamaraty confirmou nesta quinta-feira a chegada de mais um vôo da FAB em Recife às 6h, trazendo 150 brasileiros fugidos do Líbano. Segundo o chefe do Itamaraty em São Paulo, o embaixador Jadiel Ferreira de Oliveira, um outro grupo de 260 brasileiros chegou em Natal, em um vôo da empresa aérea TAM, deixando o total de brasileiros que foram repatriados nesta quinta em 410.Também segundo o Itamaraty, o governo brasileiro retirou da zona de conflito 1.134 cidadãos, outros 245 saíram por conta própria, deixando um total de 1.379 brasileiros retirados do Líbano.A TAM possui mais um vôo programado para a retirada de brasileiros, este para sábado e, ao contrário desta quinta-feira, os custos da próxima viagem serão divididos entre a TAM e a Gol.FamíliaPara 42 libaneses, ter família no Brasil ou algum familiar com origem brasileira acabou os salvando da guerra. Ontem, no comboio de ônibus que chegou à cidade turca de Adana, o governo brasileiro autorizou que um grupo de libaneses também fosse transportado. O objetivo era o de garantir que famílias não fossem separadas por causa do conflito. Em vários casos, apenas a esposa, marido ou filhos tem a nacionalidade brasileira. "Não vamos separá-los", disse um diplomata. O governo, porém, teve de fazer gestões com a diplomacia turca para pedir que essas pessoas não fossem barradas na fronteira entre a Síria e a Turquia. Os libaneses normalmente precisam de visto para entrar em território turco. Mas a garantia dada pelo Brasil era de que todas estas pessoas se comprometeriam a não permanecer na Turquia e seguiriam nos vôos da FAB.Matéria atualizada às 12h08

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.