Cheia do Rio Mississippi pode bater recorde

Moradores de Memphis, no Estado americano do Tennessee, estão sendo retirados de suas casas depois que as águas do Rio Mississippi atingiram o maior nível desde 1937. Cerca de 400 pessoas estão desabrigadas. Os custos ainda devem ser calculados, mas se estima que mais de 3 mil propriedades tenham sido afetadas. Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, o leito do rio chegou a 14,58 metros e era esperado que mantivesse essa média pelas próximas 36 horas. Em 1937, as águas chegaram a 14,8 metros.

, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.