Cheney critica transferência de presos de Guantánamo

O ex-vice-presidente americano Dick Cheney disse hoje que a proposta de transferir supostos terroristas da prisão de Guantánamo, em Cuba, para os Estados Unidos seria uma má ideia. A administração do presidente Barack Obama, que prometeu fechar a prisão, levantou a possibilidade de transferir parte dos detentos para território americano.

AE-AP, Agencia Estado

10 de maio de 2009 | 16h09

"Vai ser uma proposta difícil de se vender", afirmou Cheney, lembrando que prisioneiros levados para os EUA "adquirem todos os tipos de direitos legais". Em entrevista à CBS, Cheney disse ainda que Guantánamo é importante porque os EUA precisavam de um lugar para manter supostos terroristas até que eles não mais representassem uma ameaça para a segurança do país.

Tudo o que sabemos sobre:
EUACheneyGuantánamo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.