Cheque de iraniano gera questionamento na Venezuela

A oposição da Venezuela pediu explicações ao governo venezuelano sobre o cheque no valor de cerca de 300 milhões de bolívares venezuelanos (US$ 70 milhões) encontrado com o ex-presidente do banco central iraniano, Tahmasb Mazaheri, quando ele tentativa entrar na Alemanha.

AE, Agência Estado

05 de fevereiro de 2013 | 14h05

A coalizão da oposição venezuelana disse que o governo deveria esclarecer porque o iraniano estava com o cheque que foi encontrado pelas autoridades alfandegárias alemãs.

O jornal alemão Bild am Sonntag disse na edição do último domingo que os funcionários da alfândega encontram o cheque na mala de Mazaheri no dia 21 de janeiro quando ele tentava entrar na Alemanha, proveniente da Turquia. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelacheque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.