Chile anuncia hoje futuro de Fujimori

Tribunal chileno deve determinar se extradita ou não ex-líder peruano

O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2021 | 00h00

O Tribunal Supremo do Chile deve emitir hoje sua decisão sobre o pedido feito pelo Peru para que extradite o ex-presidente peruano Alberto Fujimori (1990-2000). O juiz responsável pelo caso, Alberto Chaigneau, presidente da Segunda Sala Penal do tribunal, ressalvou, porém, que considerações de última hora podem atrasar a divulgação da sentença."Quero que a decisão saia amanhã (hoje) e estamos trabalhando para isso", afirmou Chaigneau. "Mas acho que todos concordarão que não é fácil revisar 25 mil páginas."Os cinco juízes da Segunda Sala chegaram a um consenso sobre o caso no dia 10, mas só hoje devem tornar a sentença pública. O advogado de Fujimori, Francisco Velozo, afirmou que seu cliente está "tranqüilo", à espera de ser informado sobre qual será seu destino. O ex-presidente peruano está em prisão domiciliar num condomínio em Chicureo, norte de Santiago, desde 8 de junho.Fujimori, de 69 anos, é acusado pela Justiça peruana de dez crimes de corrupção, além de dois delitos por violação de direitos humanos.Há dois meses, o juiz chileno Orlando Álvarez rejeitou em primeira instância o pedido do Peru para extraditar Fujimori por considerar que as provas apresentadas contra o ex-presidente eram "insuficientes". O Peru apelou da decisão de Álvarez e levou o caso ao Tribunal Supremo. Da decisão esperada para hoje, não caberá mais recursos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.