Chile: governo lamenta pedido de asilo de Lúcia Pinochet

O governo chileno qualificou hoje de "lamentável" a decisão da filha mais velha de Augusto Pinochet de pedir asilo aos EUA. Lúcia Pinochet foi detida na quarta-feira ao aterrissar em um aeroporto próximo a Washington quando tentava fugir do indiciamento por evasão fiscal e falsificação de documentos.Em seu pedido de asilo, Lucía alega que está sendo vítima de "perseguição política". Porta-vozes do serviço de imigração americano disseram que a análise do pedido poderia levar "horas ou dias". O chanceler chileno, Ignacio Walker, disse ter entrado em contato com a embaixada americana no Chile para expressar o ponto de vista do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.