Chile: vulcão aumenta atividade e recebe alerta vermelho

As autoridades do Chile emitiram ontem um alerta vermelho devido à intensificação da atividade do vulcão Copahue, localizado na cordilheira dos Andes, na fronteira com a província argentina de Neuquén. No sábado, o vulcão começou a expelir cinzas e gases.

AE (AP), Agência Estado

24 de dezembro de 2012 | 03h22

Inicialmente, as autoridades emitiram os alertas amarelo e laranja, mas a oficina de emergência Onemi elevou o nível para vermelho na região chilena de Biobío, depois que foi registrada atividade sísmica no vulcão na noite de sábado, com uma nuvem de cinza que alcançou quase um quilômetro e meio de altura.

O vulcão Copahue, a 2.967 metros de altura, teve erupção em 1991. Também registrou explosões e emissão de gases en 2001 em sua atividade mais intensa en mais de 20 anos.

Em 2011, um vulcão em Cordon del Caulle, no sul do Chile, teve uma violenta erupção. Por causa dela foram cancelados centenas de voos e mais de 3,5 mil pessoas acabaram desalojadas na região. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Chilevulcãoalerta vermelho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.